News

Congresso Mundial da Água Lisboa 2014 da IWA

Imagem destaque

Congresso Mundial da Água Lisboa 2014 da IWA

O Congresso Mundial da Água da IWA decorreu nos passados dias 21 a 26 de setembro de 2014 em Lisboa, constituindo o maior evento sobre o setor da água jamais organizado em Portugal, reunindo mais de quatro mil participantes de instituições, empresas e profissionais do setor da água de todo o mundo num evento de alto nível.

O congresso incluiu centenas de comunicações técnicas, exposições de posters científicos, sessões de trabalho e grupos de debate, constituindo uma excelente oportunidade para partilhar e conhecer, nos mais variados domínios relacionados com a água, resultados de estudos e investigações, casos de sucesso e as melhores práticas de regulação.

1.º Fórum Internacional dos Reguladores dos Serviços de Águas

O Fórum Internacional dos Reguladores dos Serviços de Águas foi a primeira iniciativa de âmbito mundial a reunir os reguladores dos serviços de águas num evento de alto nível para debater a regulação e perspetivar tendências futuras com impacte na prestação dos serviços de águas. Embora seja um processo independente, este fórum decorreu integrado no programa do Congresso Mundial da Água Lisboa 2014 da IWA.

Este fórum visou contribuir para a disseminação de boas práticas e para a harmonização de procedimentos de regulação abordando temáticas centrais na prestação dos serviços de águas.

Fonte: ERSAR

 

Cerimónia de Entrega dos Prémios Project Innovation Awards e dos Prémios Globais IWA

No dia 24 de Setembro, decorreu no Stand da ERSAR, a sessão comemorativa dos prémios Projetct Innovation Award (PIA) e International Muelheim Water Award (IWW) os quais visam reconhecer a excelência e inovação em projetos de engenharia hidráulica em todo o mundo e de destaque na investigação e/ou implementação de conceitos inovadores que contribuam para uma melhoria da gestão da água na Europa. Na mesma ocasião, a ERSAR, recentemente distinguida internacionalmente com os prémios “IWA Project Innovation Awards 2014” e “Mulheim Water Award 2014”, atribuiu um certificado a cada uma das entidades gestoras que contribuíram para a obtenção das distinções.

 

A Iniciativa Nacional para a Gestão Patrimonial de Infraestruturas (iGPI) consiste num programa de investigação, desenvolvimento e inovação liderado pelo LNEC, assente no modelo colaborativo, cujo destinatário principal é a indústria da água nacional. O objetivo principal da iGPI é capacitar as entidades gestoras (EG) de serviços urbanos de água a desenvolver sistemas de GPI, com ênfase no desenvolvimento e implementação de planos.

As empresas do grupo Aquapor premiadas pela iniciativa promovida através da colaboração entre o LNEC e a empresa Administração e Gestão de Sistemas de Salubridade (AGS) e com o patrocínio da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR) foram:

 

Águas de Gondomar, S.A.

Foi premiada em duas categorias:

  • Internalização do processo na organização - Capacitação da equipa

A equipa provou ter adquirido o conhecimento adequado da metodologia através da qualidade dos planos elaborados e do cumprimento de todas as atividades definidas, tendo adicionalmente implementado de forma imediata soluções resultantes dos estudos desenvolvidos no orçamento anual previsto da entidade gestora.

  • Desenvolvimento dos planos de GPI - Multisserviços

Os planos desenvolvidos para cada um dos serviços cumprem todos os objetivos estabelecidos tanto a nível estratégico como a nível tático, tendo sido igualmente cumpridas todas as atividades estabelecidas em cada fase do programa.

 

Águas do Sado, S.A.

Foi premiada na categoria “Desenvolvimento de planos de GPI” relativamente ao desenvolvimento do Plano Estratégico decorrente da sua participação no PGPI.

O Júri deliberou atribuir este prémio à Águas do Sado, S.A. pela qualidade no desenvolvimento e implementação do plano estratégico de GPI que se distinguiu das restantes entidades gestoras. O plano desenvolvido cumpre todos os objetivos estabelecidos nomeadamente no que respeita ao estabelecimento do horizonte temporal do plano que não se restringiu ao término do período de contrato de concessão. O sistema de avaliação adotado reflete as principais preocupações da entidade gestora e apresenta-se alinhado com a visão e missão estabelecidas.

 

Águas da Figueira, S.A.

Foi premiada na categoria Organização, o Júri deliberou atribuir este prémio à Águas da Figueira, S.A. pela sua distinção na integração e articulação dos planos de GPI com os restantes instrumentos de planeamento da organização.

Destaca-se o trabalho desenvolvido no âmbito da integração do plano de GPI com o plano de segurança da água da entidade gestora.